Dassault Aviation certifica HUD duplo no FALCON 8X

A FAA e a EASA aprovaram o uso do avançado visor duplo frontal da Dassault, conhecido como FalconEye, no Falcon 8X trijet de ultralongo alcance da empresa, acrescentando à capacidade de operações de baixa visibilidade da aeronave, líder da indústria. A configuração dupla HUD permitirá, em última análise, uma capacidade “EFVS-to-land” em condições próximas a zero, enquanto se aguarda a nova regulamentação da EASA.

“O resultado final é que esta aprovação representa maior segurança e mais capacidade para os Falcons equipados com o FalconEye da Dassault, tecnologia pioneira na indústria”, disse Carlos Brana, Vice-Presidente Executivo de Aeronaves Civis da Dassault Aviation.

A Dassault Aviation tem sido líder indiscutível no desenvolvimento da tecnologia HUD. Em 2016, a Dassault introduziu o FalconEye, o primeiro sistema de exibição frontal (HUD) a combinar o mapeamento sintético, com banco de dados e imagens reais de câmeras térmicas e de baixa luminosidade. Hoje, uma aeronave equipada com HUD FalconEye pode voar em aproximações de não-precisão a 100 pés.

Vários operadores 8X já programaram a instalação do novo módulo, o que possibilita que ambos os pilotos compartilhem a mesma visão sintética e melhorada, permitindo que um aja como “piloto em voo” enquanto o outro monitora as condições de voo. Os HUDs duplos aumentam a consciência situacional e simplificam o treinamento no mesmo nível de experiência e qualificação para abordagens.

A opção de HUD duplo será certificada no Falcon 6X, que entrará em serviço em meados de 2023, e no Falcon 10X de alcance ultralongo, planejado para a certificação no final de 2025.

O HUD duplo no Falcon 10X levará a configuração a um nível ainda mais avançado no qual poderá servir como o “meio primário de operação do piloto”, liberando os pilotos para configurar o painel de instrumentos para outros usos.

Enquanto isso, as atuais aeronaves equipadas com HUD e FalconEye da Dassault podem agora operar até 200 pés com um crédito visual de pista (RVR) de 30% sem a necessidade de aprovação específica do departamento de voo da EASA. A EASA facilitou os requisitos de aprovação após levar em conta as melhorias da tecnologia HUD e EFVS nos últimos 20 anos.

 


Sobre a Dassault Aviation

A Dassault Aviation é uma empresa aeroespacial líder com presença em mais de 90 países em seis continentes. A Dassault projeta e constrói a família de jatos executivos Falcon, bem como o jato de combate Rafale. A empresa emprega mais de 12.000 funcionários e possui instalações de produção na França e nos Estados Unidos, além de uma rede mundial de serviços.
Desde o lançamento do primeiro Falcon 20 em 1963, mais de 2.650 Falcons foram entregues. As linhas tri-jet e bimotor oferecem excelente eficiência e conforto, com faixas de 3.500 nm a 7.500 nm. Eles incluem o carro-chefe Falcon 10X, os pioneiros Falcon 7X e 8X, o widebody Falcon 6X e os versáteis Falcon 900LX, 2000LXS e 2000S. O Atendimento ao Cliente Falcon continua ocupando o primeiro lugar nas principais pesquisas de aviação executiva.

Sobre Dassault Falcon Jet

Dassault Falcon Jet Corp., é uma subsidiária integral da Dassault Aviation, França. A Dassault Falcon Jet comercializa e apóia a família de jatos executivos Falcon em toda a América do Norte e América do Sul.

Fonte e foto: Assessoria de imprensa da Dassault Falcon Jet

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal PILOTO RIBEIRÃO no youtube, nosso perfil no Instagram , faça parte de nosso telegram  e conheça também nossa revista digital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.