Leonardo e BAE Systems anunciam colaboração entre Reino Unido e Itália no Future Combat Air System Program

A Leonardo e a BAE Systems estão avançando nas oportunidades de colaboração entre o Reino Unido e a Itália com aeronaves de demonstração, como parte do programa Future Combat Air System (FCAS), no âmbito de um caminho de cooperação lançado por ambos os países no setor de Defesa. Essa abordagem permite que empresas dos dois países identifiquem áreas de potencial colaboração e iniciem análises conjuntas sobre possíveis atividades de interesse compartilhado. No mesmo contexto, está o acordo firmado entre a divisão de negócios eletrônicos italiana e britânica da Leonardo e da Elettronica SpA, relacionado a atividades de demonstração em sensores e sistemas avançados.

O programa FCAS visa o desenvolvimento de um sistema multidomínio tecnologicamente avançado, sustentado por tecnologias altamente inovadoras e disruptivas, com uma plataforma core de 6ª geração, e destinado à renovação da frota Eurofighter. Este projeto ambicioso permitirá que os países participantes mantenham a soberania nacional no setor aéreo de combate, redesenhando as futuras capacidades operacionais e industriais no setor aeroespacial.

A colaboração entre a Leonardo e a BAE Systems concentra-se na aplicação de metodologias de design Model Based System Engineering (MBSE) e no desenvolvimento conjunto de tecnologias capacitadoras para a soberania nacional do futuro sistema. Estas atividades são a evolução natural dos processos de inovação já iniciados pelas empresas parceiras e assumem importância estratégica ao explorarem uma fronteira tecnológica ainda não alcançada pela indústria europeia.

Em linha com esta estratégia, a divisão de negócios eletrônicos italiana e britânica da Leonardo e da Elettronica SpA entraram em um acordo de colaboração no domínio de sensores e comunicações, com o objetivo de apoiar o desenvolvimento tecnológico do projeto FCAS, incluindo atividades de demonstração relacionadas a futuros eletrônicos de bordo. Esta iniciativa irá aprofundar a colaboração estabelecida destas empresas a nível internacional, definindo conjuntamente a arquitetura potencial para um conjunto integrado de sensores e equipamentos de comunicação com capacidades inovadoras e funcionalidades altamente integradas.

Sobre a Leonardo:

A Leonardo, uma empresa global de alta tecnologia, está entre os principais players mundiais em Aeroespacial, Defesa e Segurança e a principal empresa industrial da Itália. Organizado em cinco divisões de negócios, a Leonardo tem uma presença industrial significativa na Itália, Reino Unido, Polônia e EUA, onde também atua por meio de subsidiárias que incluem Leonardo DRS (eletrônica de defesa), e joint ventures e parcerias: ATR, MBDA, Telespazio, Thales Alenia Space e Avio. A Leonardo compete nos mais importantes mercados internacionais aproveitando suas áreas de liderança tecnológica e de produtos (Helicópteros, Aeronaves, Aeroestruturas, Eletrônica, Segurança Cibernética e Espaço). Listado na Bolsa de Valores de Milão (LDO), em 2020, a Leonardo registrou receitas consolidadas de € 13,4 bilhões e investiu € 1,6 bilhão em Pesquisa e Desenvolvimento. A empresa faz parte do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI) desde 2010 e está confirmada entre os líderes globais de sustentabilidade em 2021. Leonardo também está incluído no índice MIB ESG.

Fonte: Assessoria de imprensa da Leonardo

Foto: Leonardo Helicopters

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal PILOTO RIBEIRÃO no youtube, nosso perfil no Instagram , faça parte de nosso telegram  e conheça também nossa revista digital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.